quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Princípio do Vazio




Tens o hábito de juntar objetos inúteis, crendo que um dia
(não sabes quando) poderás precisar deles ?

Tens o hábito de juntar dinheiro,
pois pensas que no futuro poderá te fazer falta ?

Tens o hábito de guardar roupas, brinquedos, sapatos,
movéis, utensílios domésticos e outras coisas
que já não usas há bastante tempo ?

...E dentro de ti ?...
Tens o hábito de guardar o que sentes,
broncas, ressentimentos, tristezas, medos,
pessoas, etc ?

Não faças isso!
É anti-prosperidade.
É preciso criar um espaço, um vazio,
para que as coisas novas cheguem à tua vida.

É preciso eliminar o que é inútil em ti e na tua vida,
para que a prosperidade venha.

É a força desse vazio que absorverá
e atrairá tudo o que tu desejas.
Enquanto estiveres material ou emocionalmente
carregado de coisas velhas e inúteis,
não haverá espaço aberto para novas oportunidades.

Os bens precisam circular...
Limpa as gavetas, os armários, o teu quarto, a garagem.
Dá o que tu já não usas.
A atitude de guardar um montão de coisas inúteis
amarra a tua vida.

Não são os objetos guardados que param a tua vida,
mas o significado da atitude de guardar.
Quando se guarda, considera-se a possibilidade de falta,
de carência.

É acreditar que amanhã poderá faltar
e tu não terás meios de prover às tuas necessidades.
Com essa postura, tu estás a enviar duas mensagens
para o teu cérebro e para a tua vida:
1º... tu não confias no amanhã
2º... tu crês que o novo e o melhor NÃO são para ti,
já que te alegras com guardar coisas velhas e inúteis.

Renove-se

Guarde somente alegrias,
carinhos, felicidades, confiança, fé,
amigos, bondade, AMOR, ...
Coisas que fazem você voar alto.

Limpa também a tua alma.
Jogue fora os ressentimentos, as mágoas, os medos,
os desentendimentos, as tristezas, …
Essas coisas amarram a tua vida.

Joseph Newton
---------------

Enviado por Magnus Russo

Nenhum comentário:

Postar um comentário