quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Peregrinar



Num sábado ensolarado (31/07/2010) participei pela primeira vez da Peregrinação Ignanciana, promovida pelo Anchietanum - Jesuítas (http://www.anchietanum.com.br/site/lerAtividade.php?intIdAtividade=15), uma caminhada de 35km de Campinas a Itaici.

A oportunidade singular de pura e simplesmente "peregrinar" me levou a questionamentos tão simples quanto parece uma proposta de caminhada.
A comparação das dificuldades e alegrias compartilhadas durante o caminho com as vividas em meu cotidiano foi inevitável, as reflexões propostas em cada parada pareciam me levar a uma viagem para dentro de mim mesmo, trazendo questionamentos sobre muitos assuntos aparentemente classificados e impostos por nossa sociedade como verdade absoluta, como modelos de vida e razão de existir.

Dentre elas, a que mais me intrigou foi perceber que em muitos momentos luto para encher "minha mochila" quando na verdade muitos dos itens que busco só tornam a viagem mais dura e o fardo mais pesado, condenando a mim mesmo a um sofrimento absolutamente desnecessário.

Experiência rica de sonhos e sentimentos compartilhados com grandes amigos, amigos da "caminhada" do dia-a-dia tornaram-se literalmente "amigos de caminhada". Aqueles que, em momentos em que os pés já não agüentavam mais, dividiram as dificuldades e numa simples conversa descontraída, por alguns minutos me fizeram esquecer a dor e continuar no caminho. E quantas vezes somos levados a desistir em meio às dificuldades do dia-a-dia e de forma muito semelhante nossos amigos nos sustentam e fortalecem para permanecermos firmes.

Agradecimento especial a meus amigos de caminhada e "caminhada":

Cido (O Animador)
André (O Inspirado)
Cris (A Atleta)
Tati (A Madre Superiora)
Toninho (O + Jovem da Turma)
Gordo (O Sr. Vamu q vamu)
Marco André (O Revolucionário)
Ariza (A Noviça)
Tiago Andrade (O Acelerado)
Rafa Pedreira (O Reflexivo)
Messias (O Atrasado)







Saudações,
Rafa

Nenhum comentário:

Postar um comentário