terça-feira, 13 de março de 2012

O mistério da igreja e a santidade política


Caríssimos,

Seguem trechos (*) pertinentes a expectativa gerada em expecífico por nós (povo de Campinas) em torno dos interesses públicos colocados em jogo em nossa cidade. Ao menos, até que as próximas eleições sejam novamente a representação democrática de nossas escolhas, nos cabe a preparação, formação e articulação para que o conceito, e mais do que isso, a aplicabilidade de uma gestão voltada aos que efetivamente mais precisam aconteça em nossa cidade.

“...hoje, somos desafiados a ser politicamente santos, pois as mais graves questões da humanidade possuem uma clara conotação política: a fome, a exploração internacional, a ameaça de destruição total do planeta, a violação sistemática dos direitos humanos, especialmente dos direitos das maiorias pobres.”

“Assim, assistimos à emergência da profecia em tantos bispos e leigos, com as seqüelas próprias aos profetas: a maledicência, a incompreensão até dos próprios irmãos, a perseguição e a liquidação física.”

“O mistério cristão se torna crível, mesmo naquelas dimensões estritamente misteriosas, porque confere um sentido pleno à existência, permite sonhar grande na sociedade e abre perspectivas para a frente e para cima, rumo à destinação última da história, que para os cristãos só pode ser o reino do Pai.”

“...vivendo a partir do mistério, descobrindo-o negado nos oprimidos...”

“...mistério do mundo... que se realiza em todos e que ganha consciência e organização pública na comunidade cristã...”

Fonte: "Novas Fronteiras da Igreja - O futuro de um povo a caminho" (Leonardo Boff).

Grande Abraço,
DECOLORES!!

Um comentário:

  1. Não é fácil mas é necessário! Gostei da sua postagem... E vamos caminhando em frente, novembrão tem eleições! =D

    ResponderExcluir